Google
Pesquisa personalizada
Política de Privacidade   Visitantes: 344905

SACRAMENTOS INSTITÍDOS POR
NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

Sacramento. Rito ou sinal sagrado e sensível instituído por Jesus Cristo que confere graça a alma. Cada sacramento é um rito ou cerimônia visível ou externa que se compõe de matéria e forma. A matéria pode ser remota (por exemplo, no batismo a água) e próxima (por exemplo, ainda no batismo, a infusão da água). A forma são as palavras pronunciadas pelo ministro em nome de Cristo e que determinam a matéria, tornando-a um sinal eficaz de graça, por exemplo: “Eu te batizo...” Ao instituir estes ritos sacramentais, Cristo fez, de cada um deles um instrumento eficiente para conferir uma graça sacramental especial. Por conseguinte, de cada um deles recebe a alma, com a graça santificante, uma graça especial que a ajuda a realizar o fim primário daquele sacramento.

Esta graça é dada não em razão da santidade ou da fé do ministro, embora possam elas aumentar a graça concedida, mas somente pelo poder do rito sacramental. O termo técnico, para se descrever a maneira pela qual o rito confere a graça, é ex opere operato, expressão latina técnica que quer dizer “(efeito resultante) da execução da obra”, i.e., o efeito (graça) resultante da simples administração do rito sacramental. A cerimônia é um sinal, i. e., um rito que significa a graça que de fato produz na alma. Há sete sacramentos: Batismo, Confirmação, Eucaristia, Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio.

Dois destes sacramentos, o Batismo e a Penitência, são chamados sacramentos dos mortos, uma vez que seu fim é conferir a vida sobrenatural à alma morta pelo pecado. Os cinco restantes são chamados sacramentos dos vivos, porquanto seu intento é aumentar a graça na alma já sobrenaturalmente viva pela graça santificante.

Três dos sacramentos (Batismo, Confirmação e Ordem) imprimem caráter na alma em acréscimo a graça santificante. Daí o não poderem ser recebidos mais de uma vez. Os outros quatro podem ser recebidos mais vezes.

 

Continua >

Voltar