Google
Pesquisa personalizada
Política de Privacidade   Visitantes: 420965
< Todos nós somos iluminados pela Sagrada Escritura >

 

No terceiro Domingo do Advento Deus nos convida a testemunhar a nossa fé.

 

A terceira semana pré-anuncia a alegria messiânica a vinda do Senhor que se aproxima cada vez mais. A liturgia deste domingo nos convida, a exemplo de Maria, Mãe de Jesus, dar testemunho concreto de nossa fé pela vivência e prática aos ensinamentos da Igreja. O Evangelho relata: “Surgiu um homem enviado por Deus; seu nome era João. Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem a fé por meio dele. Ele não era a luz, mas veio dar testemunho da luz”.

O anuncio do nascimento de Jesus nos alegra, aumenta a nossa saudade e nos fortalece na espera do Salvador prometido. Na primeira leitura o profeta Isaias louva a Deus dizendo “Exulto de alegria no Senhor e minha alma regozija-se em Deus; ele me vestiu com as vestes da salvação, envolveu-me com o manto da justiça e adornou-me como um noivo com sua coroa ou uma noiva com as suas jóias”. São Paulo na segunda leitura nos exorta: estais sempre alegres! Rezai sem cessar!” Para sermos testemunhas da fé e portadores da alegria, como nos exorta São Paulo, primeiramente precisamos estar atentos aos estímulos (vida de oração, confissão sacramental, boas ações...) que a Igreja nos oferece próprios deste tempo de graças, permanecendo vigilantes e perseverantes no esforço a conversão, isto é, renovar, com o auxílio da graça divina, nossa vida interior. Neste domingo acendemos a terceira vela da Coroa do Advento como

 

sinal de nossa gratidão e alegre
esperança na vinda de Jesus.

 

PROPÓSITO A exemplo da Mãe de Deus, esforcemo-nos para sermos um raio de luz para todas as pessoas que nos cercam, e, pelo anúncio do evangelho conquistar muitos corações para Cristo.

“Mãe de Deus, dá-nos o teu coração para podermos amar a Jesus, ao Pai celestial e ao Divino Espírito Santo, sem jamais ofendê-los, pois são o nosso Bem supremo. Mãe, acende em nós a chama da fé, a fim de que contigo permaneçamos na presença de Jesus, e humildes, cheios de admiração e saudade...” “Adorar a                               

anterior < > próxima
Í N D I C E