Google
Pesquisa personalizada
Política de Privacidade   Visitantes: 344907

SENHOR QUE EU VEJA

Evangelho (Mc 10-46-52)
MESTRE, QUE EU VEJA"

Quando há muito o que fazer,

SENHOR, que eu veja o que é mais importante e mais útil aos outros.

Quando tudo se torna escuro e sombrio,

SENHOR, que eu veja a tua luz a me guiar.

Quando vários caminhos estão em minha frente,

SENHOR, que eu veja aquele que tu queres que eu percorra.

Quando a dúvida me assaltar,

SENHOR, que eu veja a tua Verdade.

Quando eu andar apressado pela vida,

SENHOR, que eu veja o irmão a mendigar um sorriso, uma saudação, um gesto de atenção.

Quando eu andar pelo campo a fora,

SENHOR, que eu veja a flôr a admirar, o riacho a preservar, a natureza toda a defender.

Quando eu ouvir falar de greves,

SENHOR, que eu veja a causa delas na organização injusta do sistema social.

Diante da propaganda e de certos programas do meios de Comunicação Social,

SENHOR, que eu veja os falsos valores que se transmite com a finalidade de destruir princípios humanos e cristãos.

Quando a doença bater, em mim ou nos familiares,

SENHOR, que eu veja na cruz um sentido redentor para toda a dor humana.

Quando tudo me parecer negativo, triste e chato,

SENHOR, que eu veja o lado bom da vida e me revista de um sadio otimismo.

SENHOR, que eu veja sempre:

- as crianças a sorrirem,
- os idosos aceitos e amparados,
- os jovens idealistas e entusiastas,
- os pobres promovidos e libertados,
- as famílias unidas.

SENHOR, que um dia, eu veja no mundo, aquela humanidade "solidária" idealizada pelo PAI, no momento da Criação.

Voltar