Google
Pesquisa personalizada
Política de Privacidade   Visitantes: 349867

SENHOR JESUS CRISTO,
CURA-ME... (Mt 8, 1-3)

Jesus purifica – Quando Jesus desceu da montanha, grandes multidões começaram a segui-LO. Eis que um leproso aproximou-se e ajoelhou-se diante de Jesus, dizendo: Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar. Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse: “Eu quero, fique purificado.” No mesmo instante o homem ficou purificado da lepra.

Exame de consciência
Senhor, cura-me

pois sou doente, sou pecador, sinto em mim tantos achaques espirituais, tantos traumas desta pobre natureza humana.

Senhor, cura-me

pois sou cego, não Te vejo, não vejo o Teu amor, a Tua presença, a Tua ação amorosa; sou cego porque orgulhoso e doentiamente apaixonado.

Senhor, cura-me

porque sou paralítico, não ando em Ti, Contigo, não caminho com audácia e decisão; sou tíbio, lento, paralítico.

Senhor, cura-me

porque em mim há uma “legião” de más tendências, de maus sintoma, de pecados que me alienam e me acorrentam.

Senhor, cura-me

porque a vaidade que sinto em mim é doença, é pecado que arrasta outros pecados, é sedução que me leva a fraquejar.

Senhor, cura-me

porque sou leproso da alma e do coração, porque não sou limpo de coração; porque não sou limpo por dentro, nem transparente, nem são; porque há em mim lepra interior.

Senhor, cura-me

porque, às vezes, ainda sinto o desejo de pagar “olho por olho”; porque há em mim sentimento vergonhoso de vingança, de rancor.

Senhor, cura-me

porque ainda sou doente de orgulho, com sede de triunfalismo, com buscas fúteis de elogio, de pedestal.

Senhor, cura-me

porque a violência quer, em mim, ganhar terreno; porque há fumos de poder satânico que cegam e ofuscam.

Senhor, cura-me

porque o meu afeto desordenado, a minha sensibilidade doente, a falta de maturidade humana, afetiva e sexual, me lançam em estados doentios e pecaminosos.

Senhor, cura-me

porque o apego às riquezas, o desejo de bens terrenos, a ganância de ter mais e melhor; me escravisam e me fazem doente.

Senhor, cura-me

porque esta língua com que canto os Teus louvores está suja, critica, murmura, chegando a ser origem de tantos males e de tantos achaques.

Senhor, cura-me

porque sinto anemia interior, falta de energia espiritual, covardia e medo, que é doença contagiosa e causa de tanta dor e sofrimento.

Senhor, cura-me

porque este meu coração, criado para amar, sofre de egoísmo, de ciúme e de inveja e fica raquítico, mesquinho, atrofiado.

Senhor, cura-me

porque seduzido pelo mundo, não Te dou o primeiro lugar na minha vida e não sou transparente ao Teu amor.

Senhor, cura-me

porque tenho uma vontade rebelde; porque sou megalômano e auto-suficiente e gero mal-estar à minha volta.

Senhor, cura-me

Do medo de estar doente, para poder viver a alegria da Tua vida, do Teu amor, da Tua felicidade.

Extraído do Livro – “REZAR A PALAVRA” – Padre Dário Pedroso, SJ

É um itinerário de reflexões e meditações, e também é próprio para quem sabe fazer de cada dia um novo dia e quer aprender a descobrir na aparente banalidade do quotidiano a eterna surpresa do amor de Deus.

CATEQUESE INFORMATIVA - JOSÉ ORQUIZA

Voltar