Google
Pesquisa personalizada
Política de Privacidade   Visitantes: 349869

SANTUÁRIO DE SCHOENSTATT
FONTE DE GRAÇAS

Pequena Capelinha – Santuário,
onde reina o amor
Santuário, lugar de felicidade,
onde a Rainha nos transforma
em homem novo!

Certamente já ouvimos falar que no vasto mundo existem muitos lugares nos quais Maria Santíssima está presente de maneira todo singular. São os assim chamados “Santuários marianos”.

Cada Santuário possui sua característica e missão particular. E, em cada um, a Mãe de Deus exerce atividade especial e se revela de modo próprio e original ao povo de Deus.

Entre os muitos Santuários marianos, encontram-se os Santuários da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, espalhados em todos os continentes. Neles, Nossa Senhora atua de maneira especial como a grande Mãe e Educadora dos povos e de cada pessoa individualmente. Ela acolhe e abriga em seu coração materno, todos os que a procuram; manifesta-lhes seu poder e sua bondade, e a eles se revela no resplendor de sua beleza e dignidade.

Pela admirável e constante atuação de Maria Santíssima, o Santuário de Schoenstatt, é inesgotável FONTE DE GRAÇAS, lugar onde ela realiza inúmeros prodígios e milagres, sobretudo de ordem espiritual, e concede dons e graças em abundância.

Ali vão saciar-se as almas que têm sede da verdade e da graça, que aspiram a desenvolver e fortalecer sua fé, que buscam a realização dos mais nobres e elevados ideais. Ali encontram força e luz aqueles que vivem nas trevas da dúvida, da insegurança e do pecado. Nele experimentam lar e abrigo os que sentem o peso da solidão e do desamparo. Neste Santuário, recebem alento os fracos, os que erram, os infelizes, os que padecem com sua cruz. Ali, os desanimados descobrem novamente o sentido de sua vida, seu valor e missão pessoal.

O Santuário é berço de santidade. É escola onde Maria Santíssima forma grandes almas, educa heróis e santos. No Santuário, é formado novo tipo de homem, o cristão autêntico, capaz de viver como verdadeiro filho de Deus; que testemunha esta realidade por uma vida de fé, de esperança e de caridade.

O Santuário é lugar santo, assinalado pela presença atuante daquela que é a Mãe de Deus e nossa Mãe celestial, daquela a quem o Senhor conferiu o poder de Rainha do Universo e de cada coração; da Vencedora dos poderes do mal e de todas as batalhas que se travam no reino de Deus.

Juntamente com seu Filho Divino, presente na Eucaristia, ela cumpre sua missão, atraindo os corações dos seus filhos, transformado-os e conduzindo-os ao Pai celestial.

Não seria o caso de nós também aproveitarmos da abundância de graças que nos é oferecida no Santuário da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt? Ela está sempre a nossa disposição, a nossa espera para ouvir-nos, para acolher-nos com todas as nossas aflições, com todos os nossos cuidados e necessidades. Ali ela está inteiramente para nós. Como Mãe, ela sabe compreender-nos, aconselhar-nos, ajudar-nos e dar-nos segura orientação, mesmo que nos encontremos em situações embaraçosas.

Como Educadora, ela é capas de mostra-nos a realidade das coisas, levar-nos a um profundo reconhecimento de nos mesmos e conduzir-nos ao caminho que deveríamos trilhar para corporificar a imagem sublime que Deus tem de nós.

Se soubermos ir ao Santuário, com fé e confiança, colocando tudo nas mãos da Mãe de Deus, sentiremos a alegria, a paz e a tranqüilidade invadir o nosso coração; recobrando novo ânimo e entusiasmo; vivenciaremos o seu amor e misericórdia, e experimentaremos os grandes prodígios de seu poder junto de Deus.

Adquiramos uma imagem da MÃE TRÊS VEZES ADMIRÁVEL para o nosso lar. Ela nos ajudará a transportar-nos espiritualmente a este lugar sagrado, a vivermos constantemente sob o olhar de Maria e assim participarmos da torrente de bênçãos e graças que ali ela concede aos que a procuram. Deste modo, podemos alcançar mais seguramente o objetivo de nossa vida e cumprirmos a missão que Deus nos confiou.

GRAÇAS DE ROMARIA

Cada vez que visitamos o Santuário, com fé, é uma romaria que fazemos. E se nos dispomos interiormente à atuação de Maria Santíssima, nesse lugar, podemos receber especialmente as três graças originais do Santuário de Schoenstatt, que ela costuma conceder aos seus filhos que vão ao seu encontro, imploram o seu auxílio e lhe abrem os corações para acolher os seus dons.

A graça do abrigo espiritual nos confere a vivência de sermos acolhidos e amados por nossa Mãe celestial, assim como somos, com nossa particularidade específica: nossas capacidades pessoais, nossas virtudes e limitações. Nos sentiremos aceitos por ela em seu coração de Mãe, tanto nas horas de alegria e êxito, como também e, sobretudo, nas quedas, no insucesso, no sofrimento, nas incompreensões e na solidão. Em nós crescerá a consciência de filho predileto da Mãe de Deus a quem ela dedica desvelo e amor todo particular.

 – A graça da transformação espiritual. Toda a contingência humana clama pelo auxílio divino. Em seu Santuário, a Mãe Três Vezes Admirável nos ajuda a superar nossas deficiências pessoais, e sublimar nossa natureza decaída pela culpa original. Se nos abrirmos à atuação de sua graça, ao seu grande poder de Mãe e Rainha, ela nos transformará em personalidade livre e vigorosa, num homem novo, que procura conhecer e realizar a missão recebida de Deus.

 - A graça da fecundidade apostólica, que confere valor a todos os nossos esforços e atividades, e faz com que nos tornemos úteis e frutuosos para a própria santidade e para a santificação de nosso próximo. Também desperta em nós, grande zelo e responsabilidade pelo bem de nossos irmãos. Dá-nos força e alegria no empenho por nosso crescimento espiritual e salvação eterna.

ORIGEM DO SANTUÁRIO

Seguindo os sinais da Providência Divina, no dia 18 de outubro de 1.914, Padre José Kentenich estimulou um grupo de estudantes, confiados à sua direção espiritual, a fazerem juntamente com ele, uma consagração a Nossa Senhora. Com esta entrega, também a convidaram a tornar-se presente de maneira especial na Capelinha de Schoenstatt, transformá-la num Santuário e ai exercer sua atividade como Mãe e Educadora, realizando prodígios da graça.

Para que isto se realizasse, prometeram oferecer-lhe sempre todos os seus esforços na auto-educação e aperfeiçoamento espiritual, e todos os seus trabalhos e atividades profissionais.

Palavras do Padre José Kentenich, no dia da fundação:

... Esta Capelinha será, para nós, o berço de santidade. Esta santificação fará suave violência à nossa Mãe celestial e ela será atraída para junto de nós nesta Capelinha, onde realizará inúmeros prodígios e milagres, sobretudo de ordem espiritual, concedendo-nos dons e graças em abundância.

Inspirado pela Mãe de Deus, interpretou sua resposta ao convite que lhe fora feito. Era como se ela mesma falasse:

“... Não vos preocupeis com a realização do vosso desejo. Amo os que me amam. Provai, primeiro, que realmente me amais e tomais a sério os vossos propósitos. Agora, tendes a melhor ocasião para demonstrá-lo...”.

“... Trazei-me muitas contribuições ao Capital de Graças, pelo fiel e fidelíssimo cumprimento do dever e por zelosa vida de oração. Adquiri muitos méritos e ponde-os à minha disposição. Então de boa vontade, estabelecer-me-ei em vosso meio e distribuirei dons e graças em abundância...”.

A melhor prova de que Nossa Senhora aceitou o convite, são as inúmeras graças que no Santuário, ela concede aos seus devotos. Isto o reconhecemos, sobretudo, considerando o prodígio de transformação que se realiza em seus filhos que se vinculam a ela e a seu Santuário. Igualmente o reconhecemos, considerando o heroísmo e a prontidão com que muitos dos seus fiéis devotos entregaram sua vida pela fecundidade de sua atuação no Santuário, pelo florescimento do Movimento Apostólico de Schoenstatt e pela renovação religioso moral do mundo.

O dia 18 de cada mês é dia de graças especiais, do Santuário. Todos os devotos da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt fazem suas romaria ao Santuário. Visitam-no física ou ao menos espiritualmente, e ai renovam sua consagração. Levam suas dádivas de amor e as depositam nas mãos maternais de Maria, que as oferta ao Pai celestial. Em troca, concede todas as graças de que necessitam.

Aproveita, pois, todas as oportunidades que tiveres e visita também tu o Santuário de graças, de Schoenstatt. Cada vez que o fazes, dás prova de teu amor à Mãe de Deus e da fé que depositas no seu poder intercessor e na sua bondade maternal.

Procura lembrar-te muitas vezes, no correr do dia, de que pertences à nossa Mãe celestial, e esforça-te por provar de maneira especial o teu amor a ela, procurando cumprir prontamente os desejos de Deus, pela alegre aceitação de suas permissões e dos acontecimentos de tua vida.

CONSAGRAÇÃO A NOSSA SENHORA

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt. Prostrado diante de tua imagem de graças, (espiritualmente) em teu Santuário, quero consagrar-me a ti.

Entrego-me inteiramente com tudo o que sou e tenho. Consagro-te meu corpo e minha alma, meus anseios e aspirações, minhas capacidades, limites e toda a minha contingência humana. Aceita tudo que sou e faço, meus sofrimentos, alegrias e tristezas, como prova do meu amor e fidelidade a ti, e como contribuições ao teu Capital de Graças. Tudo te ofereço em união com os sacrifícios e sofrimentos de todos os teus filhos do mundo inteiro, particularmente com os de teu servo fiel, Padre José Kentenich, e dos que ofertaram sua vida pelo florescimento da Obra de Schoenstatt.

Toma-me em tuas mãos maternais e oferece-me assim como sou ao Pai celestial. Em minha oferta, incluo-me no Sacrifício de teu Divino Filho imolado em todas as santas missas do mundo inteiro.

Tudo te consagro, a fim de que teu Santuário se torne sempre mais, fonte de graças e bênçãos para toda a santa Igreja, para a renovação do mundo em Cristo, e pela propagação do reino de Schoenstatt. Amém.

PADRE JOSÉ KENTENICH

É o fundador da Obra internacional de Schoenstatt. Nasceu em 18 de novembro de 1.885, em Gymnich, Colônia/ Alemanha. Após longa vida, marcada com muitas lutas e sofrimentos, mas ao mesmo tempo, tão rica em graças e vivida santamente, faleceu a 15 de setembro de 1.968, logo após a celebração da santa missa, na Igreja da Adoração, em Schoenstatt. Ele mesmo a havia mandado construir como monumento de gratidão à Santíssima Trindade, por seu retorno vitorioso do campo de concentração de Dachau. Seu sepulcro – na sacristia desta Igreja – tornou-se logo alvo de constantes peregrinações. Milhares de pessoas confiam em sua poderosa intercessão junto de Deus. Inúmeras graças já foram alcançadas por seu intermédio. Centenas de peregrinos das mais diversas localidades e países acorrem a ele, para implorar ou agradecer o seu auxílio.

Reconhecendo a eficácia de sua vida e o seu grande poder intercessor, no dia 10 de fevereiro de 1.975, a Igreja iniciou oficialmente o processo informativo para sua beatificação.

O seu êxito depende também de tua colaboração. Podes dá-la através de orações e sacrifícios, comunicando graças alcançadas, distribuindo folhetos com a oração para novena etc.

Se tu ou alguém dos teus se encontrar em dificuldades ou preocupações; se houver algum problema na família – falta de harmonia, falta de fé, ou outro qualquer – se tiver acontecido algum desentendimento com pessoas amigas ou vizinhas; se houver demasiada preocupação em relação ao futuro, aos negócios; desamparo espiritual ou incompreensão dirige-te ao Padre Kentenich, rezando a oração pela sua beatificação. Ele te ajudará, intercedendo em teu favor ante o trono de Deus e da Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

NOVENA OU TRÍDUO

Para implorar a beatificação
do Padre José Kentenich

         Deus Pai todo-poderoso, és o amor e a misericórdia. Somente tu, como Pai onisciente compreendes tudo o que se passa em mim. Ajuda-me, Pai de bondade, nesta minha grande aflição. Atende-me por intermédio do Padre José Kentenich. Como fiel sacerdote, ele amou tanto a tua Igreja peregrina e procurou conduzir todos os que dele se aproximavam a um amor pessoal a ti. Foi sábio e humilde conselheiro para todos os que dele precisaram. Concede-me Pai Eterno, o que o Pe. José Kentenich por mim intercede, especialmente a graça (...). Em sinal de gratidão, eu te ofereço o precioso sangue de Cristo, nas intenções da santa Igreja e por todos os que se encontram em grandes aflições.

Querida Mãe e Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt intercede ao Pai Eterno, que conceda ao Padre José Kentenich a honra dos altares, como recompensa por tudo o bem que fez à Igreja, para o teu louvor e a glória da Santíssima Trindade. Amém.

Rezar três Glória ao Pai...

PEQUENA CONSAGRAÇÃO

Ó minha Senhora, ó minha Mãe, eu me ofereço todo a vós e, em prova de minha devoção para convosco, vos consagro neste dia, meus olhos, meus ouvidos, minha boca, meu coração e inteiramente todo o meu ser. E porque assim sou vosso, ó incomparável Mãe, guardai-me e defendei-me como coisa e propriedade vossa. Amém.

ORAÇÃO DE CONFIANÇA

Confio em teu poder e em tua bondade.

Em ti, confio com filialidade.

Confio cego, em toda a situação,

Mãe, no teu Filho em tua proteção.

ORAÇAO DE OFERECIMENTO

Hoje, ofereço-vos, Maria,
as obras todas deste dia.

Em vossas mãos ponho, com gozo, os meus trabalhos e repouso,
meus desejos e pensamentos,
minhas preces e sentimentos,
minhas angústias e meus gozos,
meus sacrifícios silenciosos.

Tudo o que me trouxer o dia,
entregarei a vós Maria.

Elaboração: Irmãs de Maria de Schoenstatt

Movimento Apostólico de Schoenstatt

Caixa postal 671

Santa Maria – RS – Brasil (Ano: 1.978)

Lançado na Internet por

ANTONINHA E JOSÉ ORQUIZA
LAR CENTELHA DO SANTUÁRIO
LONDRINA – PR

Voltar